Nossos links

www.marcio-marques.blogspot.com / www.blogmarciao.blogspot.com / www.creioemjesuscristo.blogspot.com / www.creiologoconfesso.blogspot.com

Quem é o Marcião?

Minha foto

Sou cristão. Creio em Jesus Cristo. 

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Qual o maior herói de todos?



Deus é tão grande que nada, no mundo real ou na imaginação, consegue ser maior ou melhor que Ele. Nada nem ninguém consegue sequer chegar perto de sua grandeza! Isso se aplica mesmo aos super-heróis.
Os super-heróis são fruto da nossa imaginação. No entanto, se eles existissem de fato, eles ainda seriam inferiores a Deus, ainda seriam inferiores a Cristo. Mas, afinal, o que faz um super-herói?
Hoje, vamos refletir sobre duas características gerais dos super-heróis.

1. Super-heróis tem super poderes (!?!)
Na  verdade, essa não é uma regra. Alguns dos maiores super-heróis tem super poderes (Super-Homem, Hulk, Homem-Aranha, Mulher-Maravilha, Wolverine), mas outros não (Batman, Gavião Arqueiro, Viúva Negra, Demolidor).
Se todos os super-heróis não fossem fruto da imaginação, mas existissem de fato, todos eles seriam impotentes diante do poder de Deus, diante do poder do Filho de Deus! Ele não apenas criou todas as coisas, mas sustenta toda a criação! E o Filho de Deus feito homem, Jesus Cristo, após a sua ressurreição, assumiu todo o poder no céu e na terra!
No entanto, não são os poderes extraordinários que fazem de alguém um herói! Mas, afinal, qual é a grande marca do herói?

2. Super-heróis se sacrificam!
Superpoderes não fazem um herói. Aliás, alguns supervilões também tem superpoderes! E alguns supervilões são mais poderosos que muitos super-heróis! Recentemente, numa pesquisa feita no Brasil, o super-herói eleito como o preferido dos brasileiros é o Batman, um super-herói que não tem super poderes. Mas qual é a grande qualidade que define um herói? Ora, a grande marca do herói é o sacrifício!
No filme “X-Men”, enquanto outros heróis eram mais poderosos, Wolverine arrisca a própria vida para salvar a jovem chamada Vampira.
No filme "Thor", o filho de Odin é privado de seus poderes por seu pai, até encontrar a verdadeira virtude: entregar a própria vida pelos amigos. Só então ele reassume o seu poder.
No filme “Vingadores”, Tony Stark (Homem de Ferro), um homem que apesar da armadura não tem superpoderes, arrisca a própria vida para salvar a ilha de Manhattan de um míssil nuclear e de uma invasão de “Chitauris” alienígenas.
No filme “Batman Vs Superman”, o homem de aço arrisca a própria vida lutando contra o monstro “Apocalipse” - sem falar no próprio homem-morcego, que arrisca a vida ao lutar contra o homem de aço.
Jesus Cristo é o próprio Filho de Deus que se fez homem. Apesar de ter todo o poder, ao se fazer homem, o Filho de Deus se esvaziou da sua divindade (Filipenses 2.5-11), não no sentido de deixar de ser Deus, mas no sentido de viver como se fosse apenas um homem, pobre, humilde e servo de todos. Jesus viveu uma vida de amor, generosidade, justiça e perdão. Ele não apenas viveu por nós: Ele assumiu toda a nossa miséria, culpa e pecado ao morrer na cruz do Calvário, mas venceu a morte e ressuscitou ao terceiro dia, para nos dar vida plena. Melhor que Thor, Ele é o Filho de Deus que veio ao mundo, não para aprender a amar, mas para manifestar o amor de Deus, entregando a vida para salvar a todos nós. Melhor que o Wolverine, Ele derramou o poder da sua vida sobre nós, para que pudéssemos ser curados e ter a vida eterna. Melhor que o Tony Stark, Jesus não apenas arriscou a sua vida, mas efetivamente a entregou para nos salvar. Melhor que o Superman, Jesus derrotou na cruz e na ressurreição todos os inimigos de Deus (o mundo, a carne, o pecado, o diabo) - inimigos que ele derrotou em fraqueza, humildade e serviço, melhor que o Batman.

3. Heróis da vida real
Há muitos heróis da vida real, gente que, apesar de não ter superpoderes (assim como Batman ou Demolidor), viveram de maneira heróica, vivendo para os outros, sacrificando-se em favor dos outros, tornando o mundo um lugar melhor para muita gente. Martin Luther King Jr., Desmond Tutu, Nelson Mandela, Jaime Wright, Nídia Mafra (Bugra), Gandhi, Albert Schweitzer... Homens e mulheres que inspiram a muitos pelo seu exemplo de vida. Mas nenhum deles foi como Jesus Cristo, que, mesmo sendo o Filho de Deus, se fez homem pobre, humilde, perseguido, sofrendo preconceito e injustiça. Jesus viveu como servo de todos, amando, recebendo pecadores, perdoando pecados, amando a todos e orando em favor dos próprios inimigos! Jesus viveu por nós, e nos amou até a morte, e morte vergonhosa de cruz! Ele se sacrificou por amor de todos nós. Por isso, Jesus é o maior de todos os heróis, reais ou imaginários: “Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir, e dar a sua vida em resgate de muitos” (Mc 10.45). E Jesus não amou apenas o “próximo”: amou os próprios “inimigos”! Jesus é o maior de todos os heróis!

Em breve, Jesus vai voltar, e vai destruir os inimigos que já derrotou na cruz e na ressurreição, apenas com um sopro de sua boca. Se todos os super-heróis e super-vilões existissem de verdade, eles não fariam frente ao Filho de Deus.


Leia nossos posts!

Leia nossos posts!